365 Dias

Texto: Kah Marques


Foto: Google. Se você é o autor dessa foto, envie-nos um e-mail e colocaremos os créditos devidos.

2022. Um Novo Ano. 365 dias. 8.760 horas. 525.600 minutos. 31.536.000 segundos. Em cada dia, em cada hora, em cada minuto e em cada segundo será uma chance de iniciarmos, recomeçarmos ou finalizarmos algo.

É de praxe falarmos tanto sobre recomeços no ano que se inicia, de certo há uma analogia entre um novo ano e um livro em branco. Criam-se milhares de expectativas e milhares de promessas sobre o desconhecido que está por vir. É como se tivéssemos o poder de zerarmos tudo e iniciássemos a partida novamente. Pois é, de fato podemos iniciar novos projetos, sonhos, planos e etc. Mas quantos desses de fatos são novos, ou será que são apenas velhos projetos com anseios de serem realizados novamente?

O que você pode fazer em 365 dias? Já pensou sobre isso? Já pensou em quantos abraços você pode dar? Quantos sorrisos? Quantas pessoas a qual você pode dar ânimo, esperança ou quem sabe até mesmo fé. Para quantas pessoas você pode dar amor? Quantos “Bom dia, boa tarde ou boa noite”? Quantos pores-do-sol, Lua cheia, céu estrelado. Quantos quilômetros você pode andar, correr. Quantas árvores você pode abraçar. Caro leitor, são 365 dias! É como abrir 365 presentes, é coisa para caramba, e é tudo seu.

Estamos trilhando anos que jamais pensaríamos em trilhar. E se talvez, nos nossos projetos para esse novo ano, ao invés dos mesmos planos que muitas vezes não passam do primeiro trimestre, ao invés de acrescentarmos, nós tirássemos? Pense em doar as roupas que não te serve, os livros que já foram lidos, as louças que não têm utilidade no armário. Ou melhor ainda, pense em doar o que te serve também, divida o que você tem. Pense em tirar das caixas aqueles sapatos que nunca foram usados, sempre esperando pela ocasião especial. Pense em esvaziar a mochila, a bolsa ou até mesmo a mala. Pense em menos consumo, menos necessidade de aprovação, menos perfeição.

Podemos fazer tantas coisas além dos velhos projetos. Pense em novas experiências. Em se permitir, em dizer mais sim. Pense em tirar os pés do chão, ou sair do salto alto. Precisamos parar de sobreviver e começar a viver. Viver com consciência. Viver uma vida bem vivida. Uma vida da qual ao deitarmos a cabeça no travesseiro, tenhamos a certeza de que fizemos o melhor que poderíamos ter feito. Isso por si só vale tanto.

É um novo ano. Um novo livro. Escreva bastante, você não precisa escrever uma página por dia. Você pode escrever várias páginas em um dia. Talvez minhas ideias sejam utópicas nesse momento da vida, mas vamos lá, quem é a pessoa mais importante do mundo? Se você não respondeu “Sou Eu”, alguma coisa tá errada. O ano é seu, e é para você essas 365 oportunidades. Vira o jogo. Se olhe no espelho e grita: Eu mereço! Sim, você merece. Faça um esforço, lute como uma leoa. Não se deixe abater ou não se demore quando isso acontecer.

Uma amiga me perguntou qual o meu plano para 2022, eu apenas sorri e disse: Fazer dele o melhor ano da minha vida. E sabe o que é o melhor? É que esse plano não depende de ninguém, apenas de mim. Somente eu posso me proporcionar o melhor ano. Somente eu posso fazer meus planos saírem do papel. Somente você pode te proporcionar o que quer que você deseja.

Feliz 365 dias.

36 visualizações0 comentário