O definitivo que há na palavra provisório.

Texto: Karen Marques

Foto: Google. Se você é o autor dessa foto, envie-nos um email para mesclee@gmail.com e colocaremos os créditos devidos.

Se havia uma palavra que eu tinha ranço desde criança era a palavra “provisório”. Segundo o

dicionário, provisório quer dizer algo que não tem caráter de permanente; algo temporário, provisional. Segundo a utilização da palavra pelo meu avô, tudo o que era provisório lá em casa, tornava-se definitivo. Lembro de uma prateleira de madeira que era usada como armário, ela era provisória e foi uma prateleira provisória que durou uns 8 anos. Hoje ela seria uma obra de arte, mas naquela época era uma das mais tantas gambiarras da qual ele era mestre em fazer.

A cada coisa quebrada ou arrumada vinha seguido da frase: “Isso é provisório”. Até hoje eu

acredito que ele gostava da pronúncia da palavra. De repente me dou conta de que venho utilizando essa palavra consciente e inconscientemente nos últimos tempos e chego à conclusão de que por mais que sejamos metódicas, quando uma mulher mora sozinha, ela aprende o significado (de forma prática) da palavra provisória.

Honestamente, não sou nenhum exemplo de Dona de Casa e nem a filha que minha mãe enche a boca para dizer que sabe como cuidar de uma casa. Na verdade, isso veio as claras desde que passei a morar sozinha. Não dou créditos a minha falta de habilidade, mas sim que

isso não é uma prioridade mesmo.

Mas me ouvir dizer a palavra “provisório” foi tipo um tapa na cara assustador e engraçado.

Meu chuveiro estava pingando horrores e nada fazia-o parar. Não era a borracha desgastada,

possivelmente era o registro e eu sempre dizia que ia chamar o encanador. Até que eu descobri que a distância do registro do chuveiro até a parede era o tamanho exato do rodo, e

que quando eu colocava um entre o outro, o chuveiro parava de pingar. Fiquei tão chocada com a descoberta que adotei a palavra provisório naquele momento. Vale dizer que esse provisório durou muitos bons meses. O mesmo vale dizer para a antena da minha televisão, que vai completar um ano que não funciona e desde então ela usada apenas para assistir Youtube e Netflix, porque isso é provisório e algumas outras coisas que para não se estender

na lista, vou jogar a sujeira para debaixo do tapete. Essa é a parte engraçada.

O assustador é que começo a pensar se estou levando essa palavra para a vida fora da casinha também. Ela pode ter outro significado como procrastinar, postergar, adiar, entre outras definições, mas para mim acaba no provisório do mesmo jeito. É provisório quando adiamos os nossos planos, quando deixamos eles engavetados e damos a desculpa da falta de tempo. É provisório quando deixamos para a semana que vem aquela saída com as amigas para colocar a conversa em dia. A visita na casa da família, a viagem para aquele lugar que queremos e aí vamos substituindo por uma cidade mais próxima, por ficar em casa fazendo nada.

Sei lá, mas acabei adotando a provisoriedade do meu avô e era algo que eu não gostava. E assim é com muitas coisas também que as vezes criticamos no outro e acabamos por fazer igual.

Assim sendo, a cada palavra nova que eu escuto de quem quer que seja, me permito apenas a ouvir e não meter o bedelho. Permito o outro a fazer o que quiser sem julgamentos. Afinal, fico pensando se amanhã não posso ser eu a usar tal palavra ou fazer igual, assim como foi com o tal de provisório.

38 visualizações

Posts recentes

Ver tudo