Ifor Capacita 100’ vai formar 100 mulheres de baixa renda em diversos cursos profissionalizantes


Diante da crise pandêmica do covid-19 e do cenário de recessão econômica, muitas mulheres viram suas rendas caírem e até, em muitos casos, se encontram desempregadas. Pensando nesse contexto e com o intuito de poder gerar capacitação para o empreendedorismo doméstico na pós-pandemia e reinserir essas mulheres no mercado de trabalho, o Instituto Nacional de Formação (Ifor) irá oferecer a mulheres de baixa renda cursos profissionalizantes de forma totalmente gratuita, o Ifor Capacita 100.

Serão 100 vagas para formar 100 mulheres, sem qualquer custo às participantes. Os cursos ocorrerão do dia 31 de agosto ao dia 4 de setembro, com varga horária de oito horas/aula. O Ifor ofertará cerca de dez modalidades de cursos em variadas áreas de atuação, como de design de sobrancelhas, de cílios, capilar básico, make up, e marketing digital. Também serão ministrados cursos de atendimento, de empreendedorismo, de cutilagem e de depilação.

As participantes serão escolhidas a partir do banco de dados da Secretaria Estadual da Mulher, parceira do Ifor nessa empreitada, juntamente com o Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), que as elegerá conforme a necessidade e o perfil de cada aluna.

Agenda e cursos a serem oferecidos:

31 de agosto – Curso de Design de Sobrancelhas, com dez vagas;

31 de agosto – Curso de Depilação Corporal, com dez vagas;

1º de setembro – Curso Capilar Básico, com dez vagas;

1º de setembro – Curso de Cílios, com dez vagas;

2 de setembro – Curso de Cutilagem (unhas), com dez vagas;

2 de setembro – Curso de Maquiagem, com dez vagas;

3 de setembro – Curso de Atendimento, com dez vagas;

3 de setembro – Curso de Design, com dez vagas;

4 de setembro – Curso de Empreendedorismo, com dez vagas, e

4 de setembro – Curso de Marketing Digital, com dez vagas.

Seguindo todas as recomendações do Ministério da Saúde e as medidas de higiene, os cursos serão realizados na sede do Ifor na Avenida T-7, nº 274, no Setor Oeste, em Goiânia, de forma presencial. A ação contribui com a sociedade nesse momento de incertezas e pode transformar a vida de muitas mulheres.

0 visualização