CURIOSIDADES SOBRE A BEBIDA DA MODA - O GIN.


Entenda qual a diferença do gin para a vodka.

Para começar, há dois ingredientes obrigatórios para se ter um GIN: álcool extra neutro e zimbro. A partir dessa premissa já se entende a diferença base, não é?

A vodka é um álcool puríssimo, sem sabores, já o GIN parte desse álcool puríssimo acrescido de zimbro e podendo ou não ter a infusão de outras especiarias ou frutas junto, o que chamamos de “botânicos” da bebida. Pode-se usar uma infinidade de botânicos que, combinados, produzem outra infinidade de sabores. Angélica, anis, semente de coentro, cardamomo, cássia, canela, casca de cítricos, erva-doce, gengibre, priprioca, cumaru… Use o que quiser, desde que tenha zimbro.

Essa mistura cria uma personalidade única no GIN, com cor ou não, sabor e aroma diferenciados.

O zimbro, a grande estrela do GIN, é o fruto (baga) de árvores do gênero Juniperus, da família dos ciprestes, primos dos pinheiros, originárias do Hemisfério Norte.

Tá aí o porquê do GIN ter voltado a brilhar na coquetelaria moderna. Com a redescoberta da arte de misturar sabores e bebidas, os bartenders encontraram na versatilidade do GIN, uma bebida a ser descoberta em toda sua amplitude. Assim como os vinhos, é uma bebida que propõe a brincadeira de saborear misturas desde a sua produção, até as misturas que serão feitas na hora do consumo.

O movimento de volta do GIN inclui não somente a reformulação de servir uma bebida mais elaborada em sabor, mas também no formato de servir, hoje um xodó, sendo servido na taça bowl.

Além disso, ele sai de coadjuvante para ser servido antes das refeições ou em festas, começando inclusive, a ser utilizado na harmonização com pratos, de ingredientes até mesmo inusitados.

Segue abaixo uma mistura que você pode testar em casa

Na taça bowl, encha até a metade de gelo, gire a taça por 15 segundos para gelar bem.

Acrescente 1 dose de GIN com 3 doses de Red Bull Tropical

Coloque um twist de limão siciliano na borda, de modo que fique um pouco dentro e um pouco fora da mistura (assim seu paladar e seu olfato serão premiados com as notas do limão).

Sirva junto palitos com:

1 pedaço de manga madura

1 pedaço de salmão defumado

Alguns flocos de coco por cima

Em breve, o Gin Rock’s apresenta a sua mais nova versão. O sabor Gin Rock’s Sunset com notas de laranja e botânicos (é o máximo que podemos contar por enquanto). A bebida chega ao mercado pelas mãos dos sócios Paulo e Miguel Riboli da Riboli Representações.

O Gin Rock’s é obtido pela destilação de um composto alcoólico retificado, na presença de bagas de zimbro, adquirindo os aromas e características dessa fruta. Quanto à maneira de beber, em geral, é servido no tradicional drink gin-tônica: água tônica, uma ou duas doses de gin, rodelas de limão e bastante gelo. O gin também pode compor diversos outros coquetéis, misturado com vermute ou licor de menta, por exemplo, sempre com bastante gelo.

SOBRE A RIBOLI REPRESENTAÇÕES

A Riboli Representações está no mercado há 18 anos e é representada pelos irmãos e sócios Paulo Riboli e Miguel Eugênio Riboli. Hoje, a empresa que atua nos estados de Goiás, Tocantins e Distritos Federal, representa a Fante Industria de Bebidas com os vinhos, sucos, espumantes e destilados, destacamos as marcas: Quinta do Morgado, Black Stone, Gin Rocks, DaColônia Produtos Naturais, entre outros.

A Riboli Representações que conta com uma vasta equipe de representantes, promotores e gerentes, atende todo o seguimento varejista como supermercados, mercados, atacarejos, mercearias, panificadoras, restaurantes, etc., a Riboli também atende o seguimento atacadista e distribuidores de secos e molhados nos três estados já citados acima. @ribolirepresentaçõesgo.

1 visualização